top of page
Background.png
Header_Site3.png
  • Foto do escritorGabriella Ferreira

Crítica | A Fera do Mar

Longa aposta no básico, mas consegue entreter público-alvo e ser representativo

Foto: Divulgação


Indicado ao Oscar na categoria de Melhor Animação, o longa A Fera do Mar foi lançado em 2022 na Netflix e já possui uma sequência garantida pelo streaming nos próximos anos por conta do seu enorme sucesso. Na história, somos introduzidos a um mundo onde os grandes heróis da sociedade são os famosos caçadores de monstros marinhos.


Nesse reino, crianças e jovens vivem cercados de histórias sobre as mitologias e lendas desses caçadores e dos monstros, que são considerados extremamente perigosos e violentos. Sendo uma atividade muito perigosa, existe até um orfanato para os filhos desses marinheiros caçadores que morreram em combate. Uma dessas crianças é a pequena Maise, que, encantada com as histórias que lê e escuta sobre os caçadores, decide invadir o navio do famoso capitão Crow antes do mesmo partir em busca da maior dessas feras, a Bravata.


Sendo protegida pelo marinheiro Jacob, Maise acaba descobrindo que as histórias que tratam os monstros marinhos como grandes vilões não condizem com a realidade. E agora ela precisa convencer o mundo de que, na verdade, é possível conviver em harmonia com esses seres do mar. A estrutura do longa é muito parecida com a de Como Treinar o seu Dragão, mas, mesmo assim, A Fera do Mar consegue se destacar dentre tantos clichês.

Foto: Divulgação


Seu principal ponto positivo, sem dúvidas, é a diversidade de ter personagens negras como protagonistas e mulheres em muitas posições de poder ao longo da história. Além disso, os personagens são muito carismáticos e conseguem ser aprofundados durante a história.


A animação do filme aproveita os cenários paradisíacos (lembrando Moana em certos momentos) e entrega uma paleta de cores bem colorida e encantadora. A Fera do Mar não subestima a inteligência das crianças e possui um roteiro simples e com coesão, tratando de temas que conseguem conversar com seu público-alvo mas também com os adultos que assistirem a obra.


A Fera do Mar é um filme que funciona bem dentro da sua proposta mas que parece muito familiar e repetitivo por já termos visto diversas outras histórias com a mesma narrativa. Não é o melhor da categoria e também não deve levar a estatueta pra casa, mas, é uma boa pedida para uma tarde de domingo junto com as crianças da sua família.


Nota: 3/5

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page