top of page
Background.png
Header_Site3.png
  • Foto do escritorÁvila Oliveira

Cobertura Festival de Cannes 2023 - Dia 4

Atualizado: 12 de jul. de 2023

Exibições de documentários brasileiros fizeram parte da programação do quarto dia (19/05)

Divulgação: Antonin Thuillier / AFP


O quarto dia do Festival de Cannes 2023 se iniciou com a segunda exibição de Indiana Jones e o Chamado do Destino, que estreou ontem (18). Além disso houve novas exibições do curta Extraña Forma de Vida de Pedro Almodóvar.


O filme turco About Dry Grasses, do diretor Nuri Bilge Ceylan – que venceu a Palma de Ouro em 2014 pelo filme Sono de Inverno –, e que disputa a Competição Oficial esse ano foi classificada por Guy Lodge, da Variety, como um longa que “pinta as minúcias da misantropia em uma tela vasta e arrebatadora”. O jornalista Lee Marshal, do ScreenDaily, deixou o veredito do filme nas mãos do público, “o destino do filme dependerá de o público achar isso exasperante, intrigante ou mesmo brilhantemente pós-moderno.”


Outro filme da Competição que foi teve sua primeira exibição hoje e arrancou elogios dos críticos foi o drama The Zone of Interest. O novo drama do diretor Jonathan Glazer foi descrito como um “retrato dramático profundamente arrepiante de uma família nazista vivendo ao lado de Auschwitz.” Enquanto David Rooney, do The Hollywood Reporter, citou que "[...] esses vislumbres de burocracia e infraestrutura padrão sendo aplicados sem um pingo de emoção ao extermínio genocida fazem seu sangue gelar."


Aconteceu também a exibição do documentário Retratos Fantasmas, do diretor pernambucano Kleber Mendonça Filho. Depois de Bacurau, vencedor do Prêmio do Júri em 2019, Kleber Mendonça Filho revisita sua cidade natal pelo prisma histórico dos cinemas que já frequentou. Baseado, em parte, em imagens de seu arquivo pessoal, o documentarista lembra aos espectadores que esses lugares idílicos, agora fechados, constituíram um importante marcador de tempo na evolução do tecido moral da sociedade brasileira.


Divulgação


Em entrevista o cineasta disse que começou a agrupar imagens há sete anos, “enquanto assistia a vídeos antigos que guardo em casa e no meu escritório, em fitas VHS, Betacam e Hi8 ou em MiniDV. Sempre pensei que um dia usaria esses arquivos e registros pessoais, que também contêm fotografias e gravações de áudio. Comecei a desenvolver algumas ideias e disse a mim mesmo que também poderia gravar novos vídeos com equipamentos mais modernos. Comecei a filmar com minha equipe em 2017 antes das filmagens de Bacurau. Iniciei Retratos Fantasmas como um projeto paralelo, com prazo próprio.”


Foi exibido também na mostra Cannes Classic o documentário Nelson Pereira dos Santos – Vida de Cinema. Dirigido por Aída Marques e Ivelise Ferreira, viúva do cineasta que morreu em 2018, o filme vai ser lançado no Brasil apenas no segundo semestre. Produzido pela MP2 Produções, em parceria com a GloboNews, Globo Filmes e Canal Brasil, o filme concorre ao prêmio L'Œil d'or na categoria destinada a produções que falem sobre o setor.


Ainda na Competição Oficial, aconteceu ao final do dia a primeira exibição de Four Daughters, da diretora tunisiana Kaouther Ben Hania que integrou o Júri do Cinef e dos Curtas-metragens em 2021. Em seu novo filme a diretora confunde as fronteiras entre o documentário e a ficção, entre o estar no telão e o fora do telão, entre a dor e a alegria.


Wendy Ide, do Screen International, disse "Four Daughters destaca-se por si só como um trabalho distinto, ousado e original." Enquanto para Lovia Gyarkye, do Hollywood Reporter, "Raramente o filme de Ben Hania parece explorador ou manipulador. Na verdade, mais do que tudo, Four Daughters é radical em sua honestidade e coragem."


Divulgação: Reuters


Na Mostra Um Certo Olhar os destaques foram o marroquino Hounds, do diretor Kamal Lazraq, How to Have Sex, filme de estreia da cineasta britânica Molly Manning Walker e o australiano The New Boy, do diretor Warwick Thornton e que conta com Cate Blanchett no elenco.

Comments


bottom of page