top of page
Background.png
Header_Site3.png
  • Foto do escritoroxentepipoca

Mato Seco em Chamas ganha trailer oficial com exclusividade do Oxente, Pipoca?

Filme que figurou nas principais listas de Melhores do Ano de 2022 terá distribuição no Brasil através da Sessão Vitrine


Depois de ser exibido em 36 Festivais de todo o mundo e receber 27 prêmios, Mato Seco Em Chamas, dirigido por Adirley Queirós e Joana Pimenta, ganha data de estreia nacional. O filme chega aos cinemas no dia 23 de fevereiro em todo o Brasil, através de distribuição do projeto Sessão Vitrine, e seu trailer oficial foi divulgado com exclusividade pela página Oxente, Pipoca.

Divulgação: Vitrine Filmes


O longa combina documentário com elementos do faroeste e ficção-científica. Como é de costumes nos filmes de Adirley Queirós, a ação do longa se passa na Ceilândia, periferia de sua cidade, e tem, ao centro, as irmãs Chitara e Léa, líderes de uma gangue feminina que rouba óleo de um oleoduto, refina-o e vende como combustível na favela Sol Nascente. A história do grupo é relembrada por suas membras na prisão. A fotografia é assinada por Joana Pimenta, que já havia trabalhado com Adirley em Era uma vez Brasília.


“Acredito que o Brasil esteja em busca de uma certa sensibilidade, já que sensibilidade é definida por classe, território e pensamento. O cinema brasileiro tem a necessidade de retratar a realidade, e se assume que a câmera estática não permite esse tipo de sensibilidade, caindo então num formalismo. Para nós, esse formalismo deu uma nova força para a realidade. Estabelecemos um código, no qual a energia pertence aos personagens”, conta Adirley sobre as escolhas estéticas da dupla em entrevista à Variety.


Marcada pela trajetória das personagens, a narrativa de Mato Seco Em Chamas combina o documental com a ficção no arco de transformação de suas protagonistas. “Procuramos mulheres que tinham uma história que trazem uma melancolia, cujos rostos e corpos são marcados por essa história de liberdade e aprisionamento. Uma geração inteira que foi encarcerada e tem o sentimento de não saber se está no presente, passado ou futuro. Você vai para a prisão e o que para você é um dia, para o resto do mundo são anos. É quase coisa de ficção-científica. O tempo é relativo”, explica Joana.


De acordo com o jornal francês Le Monde, o filme é uma combinação de Mad Max com o cinema de Pedro Costa. O jornal também escreve: “Bem-vindo ao Brasil de Jair Bolsonaro, onde dois cineastas – o brasileiro Adirley Queiros e a portuguesa Joana Pimenta – unem forças para encenar uma docuficção que sonha com a revolta. Mato Seco Em Chamas foi filmado com não profissionais desempenhando seu próprio papel mesmo na fantasmagoria onde o projeto do filme os conduz”.


Mato Seco Em Chamas será lançado no Brasil pela Vitrine Filmes, a qual já distribuiu mais de 200 filmes desde sua criação em 2010, e é uma produção da brasileira Cinco da Norte em coprodução com a portuguesa Terratreme. O filme teve sua estreia mundial no 72o Festival de Berlim, no começo do ano passado, e depois fez carreira em diversos eventos internacionais, recebendo críticas muito positivas, além de integrar a lista dos Melhores Filmes do Ano da tradicional revista britânica Sight and Sound.


O longa-metragem também conquistou vários prêmios. No Cinéma du Réel, um dos mais importantes para o gênero documental, foi vencedor da Competição Internacional. Também foi duplamente premiado no IndieLisboa International Independent Film Festival, na competição de longas com o Grande Prémio de Longa Metragem Cidade de Lisboa, e, também, como Melhor Filme Português. Foi exibido no Toronto International Film Festival, e nos EUA esteve no New York Film Festival, no AFI, bem como em Mar del Plata e Valdivia. Além do Brasil, o filme tem distribuição confirmada em salas de cinema nos Estados Unidos (Grasshopper Films), Portugal (Terratreme Filmes), Reino Unido (Institute of Contemporary Art London).


O filme é um lançamento da Sessão Vitrine 2023, contemplada pelo PROAC 34/2022, programa de fomento do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. O trailer oficial foi divulgado com exclusividade no dia 25 de janeiro pelo Oxente, Pipoca?, que tem como foco a divulgação do mercado audiovisual brasileiro e nordestino.

0 comentário
bottom of page